Wagner Barja & Thiago Pinheiro

📷 Jean Peixoto

WAGNER BARJA é artista plástico, educador e curador independente. Mestre em arte e tecnologia das imagens, pela Universidade de Brasília (UnB). Notório saber em Teoria e História da Arte, Plástica e Arte-Educação, pelo Conselho Superior de Educação/ME. Chefe do Sistema de Museus do Distrito Federal e diretor do Museu Nacional do Conjunto Cultural da República. Suas obras fazem parte das principais coleções privadas e acervos institucionais, como, Museu de Arte do Rio MAR, Museu Nacional de Belas Artes RJ, Museu de Arte de Brasília MAB, Museu Nacional de Brasília, Museu ONCE, Madri, Espanha, Coleção Cândido Mendes, Coleção Sérgio Carvalho entre outros.

THIAGO PINHEIRO é natural de Brasília (1984), Bacharel (2013) e Licenciado (2015) em Artes Plásticas pela Universidade de Brasília. Atualmente, cursa o mestrado em Artes (2017) na linha de pesquisa de Poéticas Contemporâneas oferecida pelo Programa de Pós-Graduação em Artes da mesma instituição (PPG Arte-UnB). Sua produção está voltada para os campos da pintura, intervenção urbana e escultura. Além disso, dedica-se, também, ao ofício de arte-educador em diversos espaços culturais, museus e escolas do Distrito Federal.

Texto curatorial

Quero te dizer sobre o teu envolvimento com o caos. Você produz uma espécie de entropia no corpo da linguagem. Há um golpe de movimento muito violento na obtenção das formas enquanto a cor fica em suspensão, quase parada.  A revolta e o ruído ensurdecedor das formas em contraste com uma silenciosa narrativa da cor…

Wagner Barja

Entrevista com Wagner Barja

Em breve.