Supranatural

A exposição Supranatural apresentou trabalhos de Maurício Chades, Malu Fragoso, Krishna Passos e Renato Perotto. Realizada entre 22 de novembro e 15 de dezembro de 2019.

KRISHNA PASSOS é doutorando em Arte e Tecnologia e Mestre na mesma linha de pesquisa pela Universidade de Brasília (UnB) e, pesquisador da Capes. Embora trabalhe com diferentes mídias (objetos, instalações, intervenções urbanas, e video-arte), nos últimos anos tem concentrado sua pesquisa em arte sonora, cimática, fenômenos físicos, fenômenos acústicos, eletroquímicos e eletromagnéticos.

MALU FRAGOSO é artista pesquisadora com formação em desenho e gravura, doutorado em Artes e Multimídia pela UNICAMP (2003), e pós-doutorado pela ECA-USP (2013). Foi professora da Universidade de Brasília entre 1993-2009, e leciona na Escola de Belas Artes da UFRJ desde 2009. Coordenadora do grupo de pesquisa REDE e do NANO – Núcleo de Arte e Novos Organismos desde 2010. Seus trabalhos hoje estão voltados para o contexto da arte, ciência, tecnologia e natureza e são desenvolvidos para instalações computacionais com aplicação de internet das coisas IoT.

MAURICIO CHADES é artista visual e cineasta piauiense residente em Brasília. Mestre em Arte e Tecnologia e Bacharel em Audiovisual pela UnB. As especificidades do cinema e do vídeo; os ecos entre tecnologias antigas e novas; os rituais de morte; e as tensões entre as paisagens da cidade, do campo e das florestas são temas que orbitam seu trabalho. Participou de exposições coletivas e exibiu filmes e vídeos no FILE festival Internacional de Linguagem Eletrônica, Mostra do Filme Livre e Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

RENATO PEROTTO é bacharel em Artes Visuais pela Universidade de Brasília (UnB). Durante a graduação trabalhou com a linguagem fotográfica migrando para vídeo arte e arte e tecnologia nos anos finais do curso. Hoje executa projetos de artes e tecnologia contemporânea, cinema e audiovisual, e coordena projetos de arte tecnológica para educação. Atualmente cursa o mestrado no Programa de Pós Graduação em Design na linha de Design, Espaço e Mediação, pela Universidade de Brasília.

No dia 7 de dezembro recebemos Krishna Passos e Bioborgs para uma imersão sonora.

Medicamento Antroposófico – MARavilha Curativa, de Krishna Passos, é uma experimentação extrasensorial que parte de uma formulação intuitiva. Nela se cruzam processos miscigenados que abrangem correntes filosóficas, religiosas, artísticas, sensoriais e de autoconhecimento, arte sonora e a observação/contato com natureza mediada por essas perspectivas.  

}bio{borgs >eufraktus >biophillick >djalgoritmo
/mantraalgoritmo
/besouronuclear
/fugaespacial

Por fim, encerrando a programação de atividades culturais promovidas pela ocasião da exposição, houve uma conversa com os artistas Maurício Chades, Malu Fragoso, Krishna Passos e Renato Perotto no domingo, 15 de dezembro.